Feios – Livro

Título: Feios – Em um mundo de extrema perfeição, o normal é feio.
Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Edição:
Classificação:
excepcional


FeiosTally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá.
Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.





Esta resenha demorou en? Mas chegou a final de contas.
Diferente das outras leitoras, eu não caí na bobeira de torcer o nariz para esse livro por achar que seu conteúdo era de auto-ajuda (eu leio resenhas antes de comprar meus livros, baby). E claro, qualquer pessoa que lê no mínimo a sinopse desse livro já fica no frisom para ler.
Eu meio que tive um surto de ansiedade e só sosseguei quando o Submarino entregou em minhas mãos meu exemplar de Feios para começar a devora-lo. 
Sim, porque eu o devorei. E quer saber? Ele foi melhor do que eu esperava, e olha que eu esperava muito en.
Westerfeld nos transporta para uma sociedade futuristica de uma forma leve e sem as cansativas páginas e páginas descritivas. E quando faz isso é tão sutil que nem é perceptivel.
Seus personagens (os que ainda são desinados “Feios”) são estremamentes complexos, nada clichê. E tudo isso abordando um tema atual e bem real: a obcessão por um corpo perfeito.
A parte mais legal, e também a mais dramática, é ver o mundo de Tally ser destruído enquanto uma nova realidade nasce para ela. Seu mundo que prometia um corpo perfeito e uma mente zumbi (*spoiler*) será trocado por uma vida de aventuras ao lado do garoto que ela ama.
E claaaro, Feios acaba da forma mais cafageste que um livro de saga pode acabar: no ápice, no climax, no ponto alto da história. Por isso, recomendo que, se a verba estiver sobrando #difícil já compre logo Perfeitos e não fiquei sofrendo de ansiedade e curiosidade como a desocupada aqui ç.ç
Este livro é mais sobre aventura e novas descobertas, mas teve espaço para um triângulo amoroso entre Tally, David e Shay. Estou torcendo muito para que este triângulo vire para o outro lado e inclua Peris também, o melhor amigo Perfeito de Tally que apareceu pouco neste livro =( (simpatizei com ele mesmo sem conhece-lo).
Eu vou parar por aqui antes que eu dê spoiler de mais, mas antes de partir tenho que falar sobre uma coisa que me deixou curiosa: Quem é a garota da capa? Seria Tally Feia, como para mostrar que padrões de beleza são idiotas, já que a garota é muito bonita? Ummmm… Suspeito en. Na capa do livro Perfeitos aparece um garoto e está mesma garota. Quem seria ele? David, Peris?
Ou será que é apenas marketing e não tem nenhuma mensagem subliminar por trás das capas? #mistério
Bom, fico por aqui deixando para Feios 5 estrelinhas (Excepcional). 
Em tempo: É o primeiro livro a levar 5 estrelas \o/ #todoscomemoram
Então… Leiam!!!!

Nenhum comentário: